BRASIL, Sudeste, Mulher

 

    La Blogotheque
  O Estrangeiro
  Museu do Inconsciente


 

 
     

      Todas as mensagens
      Link


     

       


     
     
    Boudoir - on a day like today, no other words would do...



    Sala de Operações

    Uma artéria leva o fluxo de vida. É elástica, molda-se ao fluir do sangue. Mais pressão, menos pressão... adaptação. Mas se chega a um ponto de exaustão pode se romper, matando o pobre corpo ao qual pertence. Assim somos nós meu amor, desgasta-se com o tempo a promessa de suportar a pressão da vida e assim não há corpo que se aguente, só ou junto. Desoxigena-se a paciência, a vontade de aproximar os corpos se sufoca. Necrose emocional e rigor amortis*: virar um amor autômato, zumbi, não é uma opção para mim. Que venha o transplante, que venha o próximo doa-dor.

     

    Para ouvir: Somewhere only we know - Keane

     

     

     

    *Trocadilho: rigor mortis e rigor amor-tis, os primeiros sinais de morte de um amor.



    Escrito por thais às 04h05
    [   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]